domingo, 11 de setembro de 2011

DESAFIO: Provar os famosos doces "moquenses" da Di Cunto!

Era uma tarde fria de domingo quando o interfone tocou e o porteiro me disse: "Sra. Beatriz, tem uma encomenda aqui na portaria para a senhora!"

Saí imediatamente para buscar a tal encomenda... A curiosidade foi maior que a preguiça do domingo! E não me arrependi! Era uma caixa da mais famosa padaria da Moóca, a Di Cunto, deixada pelos queridos amigos Simone e Bernardo, com um simpático bilhete agradecendo o final de semana que tivemos no Black Swan! Gentileza como esta são tão raras ultimamente, que nos surpreendeu!


Ao abrir o pacote, me deparei com dois doces incríveis, tipicamente italianos (ou moquenses, como disse a Simone) e que eu nunca havia provado: o Sfogliatelli, um doce de massa folhada (daí o nome), recheado com um creme de ricota e frutas cristalizadas; e o Babá Napolitano, um bolinho bem leve, embebido em rum... hummmmm!!



Vejam a perfeição da massa folhada... É um doce com muitas texturas, a crocância da massa, a cremosidade da ricota, o sabor das frutas cristalizadas... Encontrei algumas receitas na net...  receita do Cybercook e receita de Comidas e Receitas... Será que um dia terei coragem de tentar fazer este doce em casa?? Já fiz massa folhada em um curso de Confeitaria e não me animei muito em tentar fazer em casa...


Sobre o Babá, encontrei a seguinte passagem na internet: "Conhecido como babà napoletano, esse bolinho assado generosamente regado em calda de rum, açúcar, água e limão, seria, na verdade, de origem polonesa. Dizem que o rei Estanislau, no século XVIII, gostava de mergulhar bolo no rum antes de comer. Para abreviar o ritual, os padeiros criaram um bolo previamente umedecido pela bebida. Daí o bolo foi para a França (Estanislau viveu lá e quem assistiu ao clássico gastronômico A Festa de Babette vai lembrar do babà servido com frutas na hora da sobremesa) e, de lá, chegou à Nápoles. (IG Comida)"

Além da história do Babá, encontrei também a receita no site http://www.receitas.com/. Esta me pareceu mais fácil de fazer! Pena que estes doces tão maravilhosos são tão calóricos...

Mas, deixei a preocupação com as calorias para a segunda feira, preparei o chá e chamei a família para saborear estas delícias!! Obrigada, Simone e Bernardo! Vocês alegraram este final de domingo!!

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir