segunda-feira, 2 de julho de 2012

DESAFIO: Fazer a Cebola Empanada do Outback!

Cebola Empanada (Outback style)
Outro dia, recebi no Facebook uma receita que me desafiou: A Cebola empanada do Outback, aquela enorme, parecendo uma flor, com molho no meio! (Ateliê Doces e Sabores Pão de Mel). 

Fiquei ansiosíssima para o final de semana chegar e poder testar a tal receita! Parecia tão fácil e simples! E, o que me animou, é que a receita dava o "pulo do gato": colocar a cebola cortada na água com gelo por duas horas, para que as pétalas abrissem! Então esse é o segredo!!

Quando comentei o "desafio" com minha amiga Nara, ela não me animou muito... "Amiga, a cebola do Outback é especial... não é qualquer cebola..." Mas eu estava tão empolgada com a história da água gelada que, simplesmente, ignorei o comentário (nada animador! rs).

Para vocês terem uma ideia da minha empolgação, montei um cardápio todo "Outback" (Ribs on the Barbie, asinhas de frango agridoces...) só para "acompanhar" a cebola maravilhosa! A foto da Cebola do Outback não saia da minha cabeça... Imaginei a cena: os convidados na sala e, de repente, saio da cozinha com um prato na mão, com a cebola linda e gigante ao centro... E escuto em um uníssono: Ohhhhhhhh!!! Ahhhhhhh!!! Huuuuuummmmmmm!! 

A linda e perfeita cebola do Outback
Ainda bem que saí do transe e decidi fazer um pequeno teste no dia anterior... Eu não tinha todos os ingredientes (como a pimenta vermelha e o coloral, que me pareceu um pouco exagerado na receita - 500gr para 1kg de farinha!!!), mas, para o teste, podia usar um pouco de páprica só para dar a corzinha... O importante era testar o corte, o processo de "empanamento" (rs) e a fritura!

E lá fui eu... Confiante, cortei as tampas da cebola e depois fiz os cortes, sem ir até o final... Coloquei na água com gelo... Logo, as folhas começaram a se abrir... Que sucesso! Que espetáculo!!



Logo, percebi que meu corte não havia sido tão perfeito assim... Uma parte se abriu... Mas tudo bem, é só um teste, amanhã eu capricho mais... Passei a cebola na farinha temperada, depois no leite, depois na farinha... Não estava ficando muito bonito... Mas, depois de fritar deve melhorar! É... Acho que não melhorou... kkkkkk


A cebola "fracassada" do Outback

Ficou simplesmente horrível! De gosto e de aparência!! Desmanchou inteira, ficou encharcada de óleo, mole, com gosto de farinha... Fracasso total! Obviamente o resultado foi suficiente para me demover da ideia de fazer esta receita no jantar de sábado, para toda a família!!

Mas eu não ia desistir fácil assim... Afinal, desafio é desafio... Passado o jantar do sábado (sem a cebola... acabei fazendo uma Salada Cesar como entrada... risco zero! rs), tentei novamente... Mas fui procurar outra receita... procurar informações sobre o corte, sobre o tipo de cebola... (é, amiga, você tinha toda razão...rs).

A cebola "especial" chama-se cebola espanhola ou chilena... E, obviamente, não encontrei no Mercado de Santo Amaro. O máximo que eu consegui foi uma cebola normal bem grande!

A receita que escolhi continha um esquema do corte da cebola, muito legal (no blog Coma com os Olhos) que me elucidou algumas dúvidas... Como, por exemplo, deve-se fazer um buraco no centro da cebola antes de começar a fatiá-la!



A receita também era um pouco diferente da anterior... Não levava coloral, a quantidade de farinha era menor e ainda levava farinha de fubá... Resolvi fazer um "mix"... A parte da água gelada, da primeira receita, era legal... E o colorau (ao menos um pouco) iria dar um colorido interessante, já que eu não pretendia colocar muita pimenta vermelha... E o molhinho, um rosé apimentado, parecia combinar bem com a cebola.

Cebola Empanada (Outback Style)

  • 1 cebola bem grande (tipo espanhola ou chilena, se encontrar)
  • 1 xícara de leite
  • 1 ovo
  • 1 xícara de farinha
  • 2 colheres de sopa de fubá
  • 1 colher de chá de pimenta vermelha (calabresa)
  • 1 colher e meia de chá de sal
  • 2 colheres de sopa de colorau
  • 1/2 colher de chá de pimenta do reino moída
  • 1/4 de colher de chá de cominho
  • 1 litro de óleo para fritar
Molho Rosé
  • 3 colheres de sopa de maionese
  • 1 colher de sopa de catchup
  • sal e pimenta a gosto
  • uma pitada de páprica picante
  • uma pitada de pimenta vermelha
Descasque a cebola, corte o topo e a base (conforme o desenho acima) e vá fazendo cortes (comece fazendo um "X", pois vá cortando cada parte ao meio, até 16 partes. (não vá até o final, senão a cebola vai desmanchar...)
Coloque em uma travessa de água com gelo e deixe a cebola mergulhada por duas horas.
Retire da água, deixe escorrer bem.

Prepare o molho misturando bem todos os ingredientes e reserve na geladeira.

O molho rosé

Misture o leite e o ovo. Em outra tigela, misture as farinhas e os temperos.
Passe a cebola na mistura de leite e depois na mistura de farinha. Passe novamente no leite e depois na farinha. Retire bem o excesso de farinha e reserve (na geladeira). 


Aqueça o óleo até ficar bem quente. Coloque a cebola e deixe fritar por cerca de 10 minutos. Retire, escorra bem, coloque no papel toalha.



Coloque o molho em um ramequim pequeno e sirva a cebola com o molho no centro!

A Cebola Empanada "Outback Style"
Não ficou totalmente perfeita, acabou abrindo em um dos lados, mas, perto da primeira tentativa, ficou maravilhosa!! 

E, um dia, quando eu me deparar, assim, sem mais nem menos, com uma cebola espanhola enorme e reluzente, completarei este desafio! E que venham os convidados!! O Outback que se cuide!!! rs... Bon Appetit!!

26 comentários:

  1. Nossa Bia, tá perfeita!!!! Meu, foi feita em casa, frita na panela... Está perfeita!!!! Eu não me arriscaria de jeito nenhum!

    Agora te lanço um outro desafio... O molho da batata! Molho Ranch, porque eu já vi algumas receitas por aí, mas todo mundo diz que nenhuma fica igual... E fala sério, acho que só vou no Outback por causa daquele molho =S

    Faz e me convida pra comer... =))))

    ResponderExcluir
  2. Querida, adorei a receita, seu blog e o tom que você usa para dar a receita é ótimo!! Adorei!!

    ResponderExcluir
  3. Bia (Desafios Gastronomicos)3 de julho de 2012 18:38

    Rafaela, vou lá no Outback só para degustar o tal molho de novo!! rs... E desafio aceito! me aguarde!!

    ResponderExcluir
  4. Olá Bia, sua cebola ficou linda!! Deixe-me compartilhar minha experiência. Já fiz essa cebola em casa também, mas fiz os cortes da cebola com o Onion Blosson Maker (http://www.spicy.com.br/DetalheProduto.aspx?idProdutoSku=T22144L692) comprado no loja Spicy.
    A minha cebola ficou linda, mas na hora de fritar tive problemas porque fiz na fritadeira (e o óleo não fica bem quente) e por dentro ficou um pouco crua. Mas ficou bem legal!
    Aline

    ResponderExcluir
  5. Bia (Desafios Gastronomicos)4 de julho de 2012 22:12

    Aline, que dica boa esta do cortador de cebola! Quem sabe eu faço mais este "investimento" na minha cozinha? Afinal, já são tantos... rs...

    ResponderExcluir
  6. Olá Bia, também já me aventurei algumas vezes para criar esta cebola; uso uma receita ligeiramente diferente, não uso o coloral e nem o cominho, uso uma pimenta chamada de cayena, ela é bem forte, tento não colocar mais de 1 colher de de chá rasa para cada xícara de farinha, também coloco um pouco de amido de milho e uma pitada de fermento em pó, acho que o amido e o fermento ajudam na fritura, fica um pouco mais sequihno, mas ai é minha opnião, meu grande problema é na hora de empanar e retirar o centro, sempre acho que se tirar o centro vou desmontar a cebola e na hora de empanar nunca consigo empanar todas a pétalas, o segredo é mergulhar no leite e na farinha diversas vezes?!
    Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  7. Olá Guilherme, quanta dica legal, principalmente a do amido de milho e fermento! Vou experimentar esta variação na próxima vez! Bia

    ResponderExcluir
  8. Oii parabéns pelo blog Adorei!!
    eu já trabalhei no Outback...a cebola é especial mesmo e o miolo só é retirado depois da fritura e o molho é a base de maionese e raiz forte não é só pimenta comum...eles usam um cortador especial e elas ficam de molho na água gelada por várias horas..a farinha é especial tb! mas a sua por ser feita em casa ficou ótima!!

    ResponderExcluir
  9. Ávila!! Quantas dicas preciosas!! Sobre o cortador e a cebola especial eu já sabia, mas que eles tiram o miolo depois de fritar, isso explica porque a minha cebola abriu em um dos lados! Valeu!! abraços, Bia

    ResponderExcluir
  10. experimenta colocar cerveja gelada na massa,pois quando eu faço cebola empanada isto dá certo,usar tambem tempura vem pronto aquilo que os japoneses usam para fazer tempura de legumes.

    ResponderExcluir
  11. Valeu, Marilda!! Vou tentar fazer "onion rings" seguindo as suas dicas! Depois te conto!

    ResponderExcluir
  12. saindo totalmente fora da conversa, te lanço um desafio, será que vc consegueria fazer uma receita de escondidinho com o recheio de proteina de soja, dando a sensaçao de carne seca?

    ResponderExcluir
  13. Parece ser uma delícia mesmo...
    Mas o que eu mais achei legal na receita... É que ela tem um desenho técnico pra mostrar como se corta uma cebola.
    Sou estudante de engenharia, e não sei se você sabe como é difícil fazer isso. kkkkkk

    Parabéns...
    você surpreende a cada post!

    Abraços

    Ana Sousa - BH

    ResponderExcluir
  14. Ana, que legal que você gostou!! Essa cebola é um super desafio mesmo!! rs bjs Bia

    ResponderExcluir
  15. Bia, que trabalhão hein!!!
    Mas eu jurava que já tinha visto essa receita na TV e a um tempinho...
    Procurei e realmente o programa Dia a Dia mostrou exatamente como faz...
    Dá uma olhada!
    http://www.youtube.com/watch?v=fsJ1op4XcZM

    ResponderExcluir
  16. Olá!

    Eu sou fã do outback, desde o dia que vi a Ana Maria Braga fazendo esta cebola, quando ela ainda estava na Record, no Programa Note e Anote. Tentei achar o vídeo no Youtube, mas não consegui...
    Lembro de algumas dicas que ela deu: para temperar e empanar, ela colocou a cebola cortada dentro de um saco plástico bem resistente(não pode ser estes de guardar alimento no freezer, sabe?) junto a farinha temperada e sacudiu muitooooo.
    A panela para fritar teria que ter a largura mais ou menos da cebola, mas deve ser funda, para evitar que o óleo transborde;
    No momento que ela põe a cebola, ela coloca a parte cortada - as pétalas - virada para baixo, ou seja, a base que mantém a cebola inteira fica pra cima.
    Tenta denovo, e me conta se pude te ajudar, porque coragem eu ainda não tive para fazer esta delícia.... ;)

    Bjks

    ResponderExcluir
  17. ola boa noite Bia fui vitima igual você, a minha cebola hoje eu fiz a receita do google que entrei e pelo desenho que mostra como se faz eu fiz ,se chama onde comer em salvador, e faltou nos ingredientes aonde vão 2 ovos ,1/2 litro de leite, vai a farinha de trigo 1 xicara, para dar a liga na massa ,ai por minha conta eu fiz deu certinho pena que eu ja havia fritada a maioria mas dá certinho .ta ok fica a dica e no site tudo gostoso de recietas ensina direitinho um abraço.

    ResponderExcluir
  18. Ana que maravilha ,parabéns vou tentar fazer esta cebola.Estou com água na boca beijos Aurea

    ResponderExcluir
  19. Olá Aurea, que bom que gostou da receita! E boa sorte na sua tentativa!! Não se esqueça de fotografar e escrever como foi! Assim você aproveita e participa do nosso concurso Cultural! Veja as regras na página principal do blog!!
    Bjs, Bia

    ResponderExcluir
  20. Estava procurando a receita para fazer cebola frita e encontrei seu blog. Eu ainda não terminei de fazer (então não sei se vai dar certo. Mas utilizei um método para cortar que funcionou. Descasquei a cebola sem cortar a parte de baixo (da raiz) e apoiei em um recipiente redondo (como a cebola não era grande, usei a tampinha de um frasco de tempero). Assim se pode cortar sem medo, porque a parte da cebola que vai ficar sem cortar fica dentro da tampa ou da base que for usada e os cortes ficam regulares.

    ResponderExcluir
  21. aqui o que me deixa feliz é que vc coloca o fracasso também ,o que não acontece em outros sites de receitas eu do muita risada porque é assim mesmo nunca sai maravilha na primeira..ai o legal é isto a teimosia e não desistir,eu ja fiz os dois e dei sorte na primeira rsrsrs ficou muito bom.
    não conhecia este blog,e peguei receitas da net,mas agora vou passar sempre por aqui .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Nany! Errar é humano, não é? E é uma forma de incentivar as pessoas a não desistirem! Que bom que você curtiu o blog e as receitas! Volte sempre mesmo! Bjs, Bia

      Excluir
  22. aqui o que me deixa feliz é que vc coloca o fracasso também ,o que não acontece em outros sites de receitas eu do muita risada porque é assim mesmo nunca sai maravilha na primeira..ai o legal é isto a teimosia e não desistir,eu ja fiz os dois e dei sorte na primeira rsrsrs ficou muito bom.
    não conhecia este blog,e peguei receitas da net,mas agora vou passar sempre por aqui .

    ResponderExcluir
  23. Boa Tarde

    Eu vendo esse cortador www.cortadoronion.com.br

    ResponderExcluir
  24. Bia, muito boa sua receita da cebola famosa, eu já tinha feito ela anteriormente e tive umas dicas de uma pessoa que trabalhou no outback além das já comentadas aqui, também consta fritar as cebolas de cabeça pra baixo, e na hora do corte se faz dos cabelinhos eu chamo assim fundinho dela (cebola), ou seja ao contrário, debaixo pra cima, sem retirar o meio. Fiz e ficou parecida com a do outback esposa e filhos amaram...

    Abraços Ivan.

    ResponderExcluir