quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Reproduzir a Torta Trançada de Palmito Pupunha da Rita Lobo

Torta de Palmito Trançada
Desde que assisti o Programa do Cozinha Prática, da Rita Lobo, que mostrou esta Torta de Palmito com a cobertura cheia de tranças, não sosseguei enquanto não a testei!! E as condições não eram as ideais: estava em Frederico Westphalen (RS), a trabalho, com uma cozinha pequena, sem os utensílios corretos (como rolo de massa e pincel), sem os ingredientes certos (como o pupunha fresco) e com um forno a gás que eu não tinha utilizado muito... Mas o que são estas pequenas limitações para uma Home Chef obstinada??

Afinal, tudo tem solução: no lugar do rolo de massa, uma garrafa de vinho... No lugar do pincel, o dedo... No lugar do pupunha fresco, encontrei pupunha em conserva (marca Hemmer)... E o forno, exigiu uma "monitoração" mais atenta, mas funcionou!

A massa é maravilhosa, leve, crocante, fácil de manusear (até com a garrafa de vinho). O recheio é ótimo: cremoso, suave, saboroso! E a cobertura... é trabalhosa, mas o efeito é incrível! Impossível não receber elogios com esta receita!

Antes da publicação deste post, já fiz 2 vezes: a primeira, em uma forma grande, com as tranças e a segunda vez, 2 tortas pequenas, com as tiras entrelaçadas (mas sem tranças).

Torta de Palmito Pupunha

(1 torta grande ou 2 tortas pequenas)

Para a Massa
  • 150 gr de manteiga gelada, em cubinhos
  • 3 xícaras de farinha de trigo
  • 3/4 xícara de água gelada
  • pitada de sal
Para o Recheio
  • 400 gr de palmito pupunha picado (usei o Hemmer em conserva)
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 2 tomates picados sem sementes
  • 1 xícara de ervilha fresca (congelada)
  • 1 1/2 xícaras de leite
  • 2 colheres de sopa de farinha de trigo
  • salsinha picada
  • sal e pimenta a gosto
  • 1 ovo batido com um pouquinho de água para pincelar
  • 1 forma de torta redonda com borda removível (de 30 cm de diâmetro ou 2 de 20 cm)
Prepare a massa: Misture a farinha de trigo e a manteiga com as pontas dos dedos até virar uma farofa. Junte o sal e a água gelada, misturando até formar uma massa homogênea. Coloque na geladeira por 1 hora.

Prepare o recheio: Doure a cebola e o alho na manteiga. Coloque o tomate e o palmito picados e deixe refogar. Coloque as ervilhas e refogue mais um pouco. Misture o leite e a farinha e junte ao refogado. Deixe apurar por alguns minutos, até engrossar bem. Finalize com o sal, a pimenta e a salsinha picada. Deixe esfriar.

Antes de iniciar a montagem, deixe a massa em temperatura ambiente (cerca de uns 10 minutos fora da geladeira).

Para uma torta grande (com tranças):
Divida a massa em 2. Abra metade da massa em círculo e coloque no fundo e nas laterais da forma. Abra a 2a. parte da massa em um retângulo de 45 x 25 cm. Com a ajuda de uma régua e carretilha (ou faca), corte 5 tiras de 4 cm. Depois, corte 24 tiras de 1 cm. Com as tiras de 1 cm, junte 3 e faça uma trança (monte 8 tranças).

Para 2 tortas pequenas (sem tranças):
Divida a massa em 4. Abra uma dela em círculo e coloque no fundo e nas laterais de cada forma. Abra uma outra parte em retângulo, cortando 10 tiras de 4 cm.

Coloque o recheio na forma e comece a montagem da cobertura: coloque as 5 tiras grandes. Intercale as tranças (levante as tiras largas alternadas e coloque a trança. Levante as tiras não levantadas no movimento anterior e coloque outra trança. Faça assim até completar a cobertura. Para as tortas pequenas, o procedimento é o mesmo.

A torta antes de assar
Aqueça o forno a 180 graus. Pincele a cobertura com o ovo batido e leve para assar por 50 minutos a 1 hora. Deixe amornar para servir (senão o recheio ficará líquido demais).

Versão com tranças
Versão sem tranças


Aceita um pedacinho??? rs
Bon Appetit!

Nenhum comentário:

Postar um comentário