segunda-feira, 28 de novembro de 2016

DESAFIO: Chico Balanceado, uma sobremesa polêmica!

Minha versão do Chico Balanceado, com Maçãs Caramelizadas
Esta temporada de trabalho no Sul do Brasil está me rendendo experiências gastronômicas incríveis!! Além do tradicional Churrasco e seus acompanhamentos maravilhosos (como o Pão de Alho com Ervas e a Maionese de Batatas a Moda Gaúcha), a Polenta com Ragú, a Fortaia (ou Omelete Colonial) e da sobremesa mais típica de todas, o Sagú de Vinho Colonial, chegou a vez de uma sobremesa que me intrigou pelo nome, por sua origem e por sua execução: o Chico Balanceado!

Primeiro, vamos falar da origem do doce... A melhor explicação que encontrei na internet foi essa:
HISTÓRIA DO CHICO BALANCEADO:Em toda pesquisa, o Chico Balanceado desponta como típica iguaria gaúcha.Mas, Santa Catarina e Paraná também disputam o doce. Na outra ponta do País, em Pernambuco, o doce tem o nome de Manezinho Araújo e, portanto, as regiões Sul e Nordeste se conectam por meio de um doce feito de creme de ovos, banana e açúcar. Em Minas Gerais, também é conhecido como Manezinho Araújo.Mas afinal, qual é a origem desta receita? E qual foi o primeiro estado a eleger o doce como sobremesa? Uma pergunta que tentarei com calma buscar resposta para ela nos livros históricos sobre a gastronomia brasileira. Infelizmente esta curiosidade o São Google não foi capaz de matar.Ou, se por acaso nada encontrar a este respeito, chegarei à conclusão mais simples: no Brasil, não temos registros precisos sobre a comida do passado e do presente. Não há codificação e, portanto, a evolução gastronômica se perde entre as antigas casas de fazenda, moendas, casas-grandes, roçados, senzalas, mocambos e por aí vai. Fonte: Blog “Arte no sabor” por Luis Carlos Schmith e http://www.difusorapocos.com.br/site/
Trata-se de um doce em camadas: caramelo, bananas (ou outra fruta), creme de ovos ou baunilha e merengue por cima. Talvez este equilíbrio - ou balanço entre camadas e sabores - tenha gerado o nome diferente... Pesquisando várias receitas, vi que não havia um consenso nem na sua origem, muito menos nas receitas... Na maioria delas, a banana era parte fundamental, mas, em Frederico Westphalen onde a provei várias vezes nos restaurantes, não havia sinais de nenhuma fruta...

Particularmente gostei da ideia de colocar uma fruta junto com o caramelo, o que deixaria o doce "menos doce" e com sabores mais contrastantes. Há receitas que dizem que "sem banana" não é Chico Balanceado (ou Manezinho Araújo) - outras dizem que a banana pode ser substituída por outras frutas (como maçã, pera, pêssego...)

Fiz a receita por duas vezes: uma com a banana grelhada, colocada sobre o caramelo no fundo da forma. O sabor ficou incrível, mas o caramelo ficou um pouco grudado no fundo... Na segunda tentativa, já resolvi inventar ainda mais: caramelizei fatias de maçã (com açúcar e manteiga), evitando-se que o caramelo grudasse (inspirada no recheio da receita de Tarte Tatin, aqui do blog).

Em ambas as tentativas, os convidados lamberam os beiços... Sucesso total. Agora, fica a seu critério qual versão usar... Sem nenhuma fruta, com banana sobre o caramelo, com maçã (ou banana) caramelizadas previamente... Na dúvida, vou postar as 3 receitas... Aí você escolhe!! Ou experimenta as 3 e me conta depois o que achou!

Chico Balanceado (com maçãs caramelizadas)

6 porções

para as maçãs caramelizadas
  • 4 maçãs Fuji cortadas em 8 fatias cada
  • 1/2 xícara de açúcar
  • 80 gr de manteiga
para o creme de baunilha
  • 3 gemas
  • 1/2 lata de leite condensado
  • 2 xícaras de leite (500ml)
  • gotas de baunilha
  • 1 colher de sopa de maisena
para o merengue
  • 3 claras
  • 1 colher de chá de vinagre branco
  • 2 colheres de sopa (rasas) de açúcar
  • 1 forma pirex média
Prepare as maçãs caramelizadas: em uma frigideira grande, derreta a manteiga e misture o açúcar. Acomode as fatias de maçãs lado a lado, de modo a nenhuma ficar sobre a outra. Deixe caramelizar por uns 20 minutos, virando na metade do tempo. Coloque no fundo do pirex.



Prepare o creme: misture o leite condensado, o leite, as gemas e a maisena. Leve ao fogo e mexa até engrossar. Despeje sobre as maçãs.




Prepare o merengue: Bata as claras com o vinagre e o açúcar até ficar bem encorpado. Coloque sobre o creme de baunilha.



Aqueça o forno (de preferência com grill) e coloque o Chico Balanceado para gratinar a superfície (ou utilize um maçarico, mas cuidado para não queimar o merengue!!).




Leve para a geladeira de um dia para o outro, de preferência.

Chico Balanceado (sem fruta)

6 porções

para o caramelo
  • 1 xícara de açúcar
  • 1/3 xícara de água
para o creme de baunilha
  • 3 gemas
  • 1/2 lata de leite condensado
  • 2 xícaras de leite (500ml)
  • gotas de baunilha
  • 1 colher de sopa de maisena
para o merengue
  • 3 claras
  • 1 colher de chá de vinagre branco
  • 2 colheres de sopa (rasas) de açúcar
  • 1 forma pirex média
Prepare o caramelo: em uma panela de fundo grosso, dissolva o açúcar na água. Leve ao fogo baixo e deixe caramelizar (sem mexer). Despeje o caramelo no fundo do pirex.

Prepare o creme: misture o leite condensado, o leite, as gemas e a maisena. Leve ao fogo e mexa até engrossar. Despeje sobre o caramelo.

Prepare o merengue: Bata as claras com o vinagre e o açúcar até ficar bem encorpado. Coloque sobre o creme de baunilha.

Aqueça o forno (de preferência com grill) e coloque o Chico Balanceado para gratinar a superfície (ou utilize um maçarico, mas cuidado para não queimar o merengue!!)

Leve para a geladeira de um dia para o outro, de preferência.

Chico Balanceado (com banana grelhada)

6 porções

para o caramelo
  • 1 xícara de açúcar
  • 1/3 xícara de água
para a banana
  • 4 bananas nanicas cortadas no comprimento
  • 1 colher de sopa de manteiga
para o creme de baunilha
  • 3 gemas
  • 1/2 lata de leite condensado
  • 2 xícaras de leite (500ml)
  • gotas de baunilha
  • 1 colher de sopa de maisena
para o merengue
  • 3 claras
  • 1 colher de chá de vinagre branco
  • 2 colheres de sopa (rasas) de açúcar
  • 1 forma pirex média
Prepare o caramelo: em uma panela de fundo grosso, dissolva o açúcar na água. Leve ao fogo baixo e deixe caramelizar (sem mexer). Despeje o caramelo no fundo do pirex.

Prepare as bananas: em uma frigideira grande, derreta a manteiga e frite as fatias de banana dos dois lados. Coloque as bananas sobre o caramelo.

Prepare o creme: misture o leite condensado, o leite, as gemas e a maisena. Leve ao fogo e mexa até engrossar. Despeje sobre as bananas.

Prepare o merengue: Bata as claras com o vinagre e o açúcar até ficar bem encorpado. Coloque sobre o creme de baunilha.

Aqueça o forno (de preferência com grill) e coloque o Chico Balanceado para gratinar a superfície(ou utilize um maçarico, mas cuidado para não queimar o merengue!!).

Leve para a geladeira de um dia para o outro, de preferência.

Tenho certeza que, independentemente da receita ou versão escolhida, será um sucesso!!

Aqui, o Chico Balanceado servido com outra sobremesa típica do Sul, o Sagu de Vinho com Creme de Baunilha
Bon Appetit!

2 comentários: